Título

Link do botão
Ícone do botão Button Label
Ícone de carregamento

Descubra o que é a Margem Equatorial, importante fronteira offshore do Brasil

Descubra como a Petrobras irá atuar na Margem Equatorial, a nova fronteira que tem potencial para garantir a demanda energética do país.

Atualizado em 27/03/2024

Postado em 09/01/2024

Texto copiado!

A região se estende por mais de 2.200 km ao longo da costa e pode garantir a demanda energética do país.

Descobertas recentes de petróleo na costa da Guiana, Guiana Francesa e Suriname mostraram o potencial exploratório da região, localizada próxima à linha do Equador, a chamada Margem Equatorial.

Devido às características do óleo e à estimativa dos volumes existentes, a região já atraiu olhares do mercado nacional e também internacional de óleo e gás. O potencial exploratório é tanto que a região já está sendo considerada como o “novo pré-sal”.

 

O que é a Margem Equatorial e onde fica?

A Margem Equatorial fica localizada próxima entre os estados do Amapá e Rio Grande do Norte, sendo a mais nova fronteira exploratória brasileira em águas profundas e ultraprofundas.

Mapa mostrando a localização da Margem Equatorial e os blocos de portfólio de exploração.
Região onde está localizada a Margem Equatorial.

Seguindo rigorosos padrões operacionais, técnicos e de segurança, já perfuramos mais de 1000 poços na Margem Equatorial. O primeiro poço exploratório na região, feito para investigar seu potencial, se localiza a mais de 160 km do ponto mais próximo da costa e a mais de 500 km da foz do Rio Amazonas.

 

 

Como a Petrobras irá garantir uma operação segura na Margem Equatorial?

Não é de hoje que atuamos em áreas com essas características semelhantes às da Margem Equatorial. Temos o conhecimento e reconhecimento mundial não só pela excelência tecnológica, mas também pelo atendimento aos mais rigorosos requisitos e práticas ambientais e de segurança no desenvolvimento de nossas atividades, em todas as etapas da exploração e produção de petróleo e gás.

 

 

Principais tecnologias que serão utilizadas para garantir a segurança operacional

Está prevista a aplicação de diversos processos e tecnologias para manter a segurança operacional e, consequentemente, diminuir os impactos das atividades de exploração e produção na Margem Equatorial. Entre elas, estão:

  • Algoritmos de última geração.
  • Inteligência de dados e computadores de alto desempenho.
  • Ampliação da operação remota, diminuindo consideravelmente possíveis riscos ambientais.
  • Uso eficiente dos dados sísmicos, geológicos e de poços, desde as fases iniciais do projeto exploratório até o desenvolvimento dos campos.

Também atendemos a todos os requisitos e procedimentos solicitados pelo IBAMA durante o processo de licenciamento ambiental da Margem Equatorial. Para comprovar nossa capacidade de resposta imediata a possíveis acidentes envolvendo vazamentos de petróleo, realizamos, na última etapa da avaliação, um simulado no local chamado de Avaliação Pré-Operacional (APO). As ações de simulação da APO mobilizaram mais de 1000 pessoas, quatro aeronaves, cinco ambulâncias, 70 veículos terrestres e mais de 60 embarcações!

Também planejamos desenvolver projetos socioambientais na região. Para isso, atuamos junto às comunidades locais e aos povos tradicionais da região, e temos recursos, estruturas e equipes dedicadas à prevenção de acidentes e à preservação da vida e do meio ambiente.

Conheça mais sobre a nossa atuação na Margem Equatorial:

 

Qual é o investimento previsto pela Petrobras na Margem Equatorial?

Com o objetivo de buscar novas fronteiras de petróleo e gás, incluindo oportunidades em gás não associado, nosso Plano Estratégico 2024-2028+ prevê um investimento de US$ 3,1 bilhões na Margem Equatorial até 2028, com perfuração de 16 poços.

Gráfico com investimento exploratório previsto pela Petrobras até 2028, sendo 41,5% dele para a Margem Equatorial.
Detalhamento do nosso investimento previsto para exploração e produção.

Por que desenvolver a Margem Equatorial brasileira?

A verdade é que, em todos os cenários alinhados ao Acordo de Paris, as atividades de petróleo e gás continuarão sendo essenciais, pelos próximos anos, para viabilizar a transição energética. E para garantir a segurança energética do Brasil e os recursos necessários para essa transição, o país terá de procurar novas fontes, além do pré-sal.

Diante desse cenário, a exploração na Margem Equatorial abrirá uma importante fronteira energética, que irá se desenvolver de forma integrada com outras fontes de energia. Com uso de nossas tecnologias de descarbonização, as quais possibilitam uma produção eficiente e com menos emissões, buscaremos novos poços de petróleo para garantir a energia que o Brasil precisa, mas faremos isso de maneira sustentável e justa.

Quer saber mais sobre a Margem Equatorial e como iremos atuar na região?
Conheça as novas fronteiras de exploração da Petrobras

Notas
;

Leia também

Link da Notícia 44530 Pessoa com as mãos entrelaçadas em sala de tribunal enquanto discute novo acordo
Nossas Atividades
O que é Cessão Onerosa? Tire todas as suas dúvidas!
Artigo
5 min
Link da Notícia 44536 Fotografia de bomba de gasolina abastecendo carro.
Nossas Atividades
Especificação da gasolina: tire todas as suas dúvidas
Artigo
3 min
Link da Notícia 44543 Plataforma de exploração e produção de gás natural em mar aberto
Nossas Atividades
A descoberta de um campo de petróleo e gás em 5 etapas
Artigo
3 min
Link da Notícia 44549 Foto da plataforma de perfuração SS-69, da Petrobras.
Nossas Atividades
Poços de petróleo: o que são, quais tipos e como nomeá-los
Infográfico
5 min
Link da Notícia 44551 Navio-plataforma FPSO Cidade de Angra dos Reis, da Petrobras, no campo de Tupi.
Nossas Atividades
Tupi: conheça 8 curiosidades sobre o campo mais produtivo do pré-sal
Artigo
7 min
Link da Notícia 44554 Foto aérea de um rio cortando a floresta amazônica, representando os compromissos ambientais da Petrobras no Brasil.
Nossas Atividades
Conheça os compromissos ambientais da Petrobras para reduzir a pegada de carbono
Artigo
5 min
Link da Notícia 44556 Uma menina criança e outra menina adolescente, ambas negras, fazendo experimentos científicos.
Nossas Atividades
Futura cientista: 6 dicas para estimular mulheres na ciência
Artigo
4 min
Link da Notícia 44558
Nossas Atividades
Confira as cinco etapas de como é feita a gasolina
Infográfico
6 min




Canais

Acessibilidade

Faça uma busca:

Buscar

Sugestões de busca

Link de exemplo
Ícone do botão /documents/d/nossa-energia/chevronright-svg?download=true Exibir mais resultados
Ícone de carregamento

Mais pesquisados

Preço dos combustíveis

Pré-Sal

Time Petrobras

Escolha um Canal:

Acessibilidade

Alto-Contraste

Desligado

Ligado

Texto Grande

Desligado

Ligado

Idioma:

Selecione um idioma: