Título

Link do botão
Ícone do botão Button Label
Ícone de carregamento

O que é Cessão Onerosa? Tire todas as suas dúvidas!

Quer saber o que é a Cessão Onerosa e como a Petrobras adquiriu as áreas de Búzios e Itapu? Descubra tudo neste post.

Atualizado em 11/04/2024

Postado em 09/01/2024

Texto copiado!

A Cessão Onerosa é um dos três regimes de produção de petróleo adotados no Brasil, além de concessão e partilha.

Descobrir mais sobre a Cessão Onerosa é, também, descobrir como a Petrobras adquiriu as áreas de Búzios e Itapu. Saiba mais!

O que significa Cessão Onerosa?

Cessão Onerosa é um regime jurídico regido por um contrato que foi assinado com a União em 2010. Nesse contrato, a União nos cedeu o direito de produzir, com 100% de participação, um volume de até 5 bilhões de barris de óleo equivalente (boe) em seis blocos no pré-sal da Bacia de Santos — hoje os campos de Búzios, Sépia, Atapu, Norte de Berbigão, Sul de Berbigão, Norte de Sururu, Sul de Sururu, Itapu, Sul de Lula e Sul de Sapinhoá.

O Leilão dos Volumes Excedentes da Cessão Onerosa foi o auge de uma jornada que começou em setembro de 2010. O ponto de partida foi a assinatura do chamado “Contrato de Cessão Onerosa”.

Como funcionou a Cessão Onerosa?

Os processos de revisão do Contrato de Cessão Onerosa e a licitação dos volumes excedentes foram marcados por uma jornada de muito diálogo e negociações com os representantes do governo, como o Ministério da Economia, Ministério de Minas e Energia, Agência Nacional do Petróleo (ANP) e Tribunal de Contas da União (TCU).

Foram necessários estudos técnicos, jurídicos e econômicos aprofundados, além da formação de grupos de trabalho, que culminaram na revisão do Contrato da Cessão Onerosa e na realização do tão aguardado leilão dos excedentes, os quais envolveram dezenas de nossos técnicos das mais diversas especialidades.

Conheça os principais marcos dessa jornada:

Principais marcos da Cessão Onerosa, da assinatura do contrato ao pagamento do bônus.
Foram quase 10 anos entre a assinatura do Contrato da Cessão Onerosa e o Leilão de Excedentes.

Quais áreas foram leiloadas e adquiridas pela Petrobras na Cessão Onerosa?

O Leilão dos Volumes Excedentes da Cessão Onerosa aconteceu no dia 06/11/2019, e adquirimos as áreas de Búzios — em consórcio com as chinesas CNODC Brasil Petróleo e Gás Ltda (5%) e CNOOC Petroleum Brasil (5%) — e Itapu, como operadora única (100%).

O início das operações do FPSO P-71, instalado na área do pré-sal do campo de Itapu, estava originalmente previsto para 2023, mas ocorreu em dezembro de 2022, antes do que era planejado.

Quais são os impactos da Cessão Onerosa na produção de petróleo e na economia?

Búzios e Itapu já eram, na época, áreas consideradas estratégicas no pré-sal da Bacia de Santos, com enorme potencial de produção e de fazer a diferença na história não só da nossa companhia, mas também do país. As áreas abrem portas para novas possibilidades de renda, empregos, novos investimentos, sem contar a incorporação de reservas e incremento à produção.

Por conta do conhecimento acumulado em Búzios ao longo de mais de dez anos, além de ser um ativo de classe mundial, havia garantia de retorno. Com a aquisição da fatia de Búzios dos direitos dos volumes excedentes da Cessão Onerosa, a companhia e nossos parceiros incorporaram uma produção adicional em área já amplamente conhecida como sendo de alta produtividade.

No período da Cessão Onerosa, operávamos quatro plataformas (P-74, P-75, P-76 e P-77) nos poços altamente produtivos de Búzios. Atualmente (dezembro/2023), operamos cinco plataformas FPSO e prevemos a instalação de outras seis plataformas no local. Em junho de 2023, somente cinco anos após o início das operações, o campo de Búzios chegou à produção acumulada de 1 bilhão de barris de óleo equivalente (boe)!

Fotografia diurna da plataforma FPSO Almirante Barroso, no mar, no campo de Búzios
Plataforma FPSO Almirante Barroso, no campo de Búzios. Foto: Chun Yeau Ng 

 

Em relação a Itapu, iniciamos o processo de contratação de uma unidade de produção que opera o volume previsto não só pelo contrato de Cessão Onerosa, mas também pelo excedente. Esse fator tornou a aquisição integral da área atraente do ponto de vista econômico, considerando os baixos investimentos adicionais e as condições de obtenção.

Como a Petrobras concluiu que havia volumes excedentes ao contrato de Cessão Onerosa?

Ao dar prosseguimento à campanha exploratória dos seis blocos localizados nas áreas da Cessão Onerosa, nossos técnicos avançaram na delimitação das descobertas e identificaram que havia volume maior do que os 5 bilhões de boe inicialmente previstos: os chamados “volumes excedentes da Cessão Onerosa”.

Foi o esforço técnico de nossos geólogos, geofísicos e engenheiros que confirmou a extensão dessas áreas. Por conta disso, os excedentes poderiam ser leiloados sob regime de Partilha, conforme legislação vigente, caso houvesse o consentimento de nossa parte, por sermos a operadora dos campos da Cessão Onerosa.

Porém, o espaço físico onde estão os campos de Búzios e Itapu e do seu excedente é o mesmo, assim como a infraestrutura de produção, incluindo dutos, equipamentos submarinos, plataformas, entre outros.

Como está a produção da Petrobras no pré-sal atualmente?

Com a aquisição das áreas de Búzios e Itapu, confirmamos a posição de liderança no pré-sal brasileiro, de forma alinhada à nossa estratégia de focar na exploração e produção (E&P) de ativos rentáveis que maximizem o valor do nosso portfólio.

Atualmente, cerca de 80% da nossa produção total vem do pré-sal, que hoje produz um dos óleos mais descarbonizados do mundo. E esse número só tende a crescer: nosso mais recente plano estratégico prevê um investimento de US$ 73 bilhões em E&P entre 2024 e 2028, sendo 67% desse valor destinado exclusivamente para o pré-sal! Quer saber como continuaremos a explorar o potencial dos campos de Búzios?

Descubra tudo sobre a atuação da Petrobras no pré-sal.

Notas
;

Leia também

Link da Notícia 04371 Pessoa com as mãos entrelaçadas em sala de tribunal enquanto discute novo acordo
Nossas Atividades
O que é Cessão Onerosa? Tire todas as suas dúvidas!
Artigo
5 min
Link da Notícia 04378 Fotografia de bomba de gasolina abastecendo carro.
Nossas Atividades
Especificação da gasolina: tire todas as suas dúvidas
Artigo
3 min
Link da Notícia 04384 Plataforma de exploração e produção de gás natural em mar aberto
Nossas Atividades
A descoberta de um campo de petróleo e gás em 5 etapas
Artigo
3 min
Link da Notícia 04389 Foto da plataforma de perfuração SS-69, da Petrobras.
Nossas Atividades
Poços de petróleo: o que são, quais tipos e como nomeá-los
Infográfico
5 min
Link da Notícia 04391 Navio-plataforma FPSO Cidade de Angra dos Reis, da Petrobras, no campo de Tupi.
Nossas Atividades
Tupi: conheça 8 curiosidades sobre o campo mais produtivo do pré-sal
Artigo
7 min
Link da Notícia 04399 Foto aérea de um rio cortando a floresta amazônica, representando os compromissos ambientais da Petrobras no Brasil.
Nossas Atividades
Conheça os compromissos ambientais da Petrobras para reduzir a pegada de carbono
Artigo
5 min
Link da Notícia 04406 Uma menina criança e outra menina adolescente, ambas negras, fazendo experimentos científicos.
Nossas Atividades
Futura cientista: 6 dicas para estimular mulheres na ciência
Artigo
4 min
Link da Notícia 04409
Nossas Atividades
Confira as cinco etapas de como é feita a gasolina
Infográfico
6 min




Canais

Acessibilidade

Faça uma busca:

Buscar

Sugestões de busca

Link de exemplo
Ícone do botão /documents/d/nossa-energia/chevronright-svg?download=true Exibir mais resultados
Ícone de carregamento

Mais pesquisados

Preço dos combustíveis

Pré-Sal

Time Petrobras

Escolha um Canal:

Acessibilidade

Alto-Contraste

Desligado

Ligado

Texto Grande

Desligado

Ligado

Idioma:

Selecione um idioma: