Título

Link do botão
Ícone do botão Button Label
Ícone de carregamento

Desvendando os mistérios da temporada de baleias: 10 curiosidades fascinantes

Explore os segredos da vida marinha e acompanhe o espetáculo anual das baleias no litoral brasileiro.

Atualizado em 01/04/2024

Postado em 01/04/2024

Texto copiado!

Você sabia que uma baleia-jubarte adulta pode ter tamanho de um ônibus e um carro juntos? Com até 16 metros de comprimento, essa espécie vive em média 60 anos e pode pesar 40 toneladas — o equivalente ao peso de oito elefantes africanos!

Já a baleia-franca, única espécie em extinção que se reproduz no litoral brasileiro, tem expectativa de vida de 80 anos e pode pesar 40 toneladas, bem distribuídos em 15 metros.

E é durante a chamada “temporada de baleias” que essas e outras espécies surgem em águas brasileiras, ajudando a movimentar a economia e o turismo de observação natural. Veja dez curiosidades sobre elas a seguir!
 

O que é a temporada de baleias?

Todos os anos, entre junho e agosto, cerca de 20 mil baleias-jubarte e 100 baleias-franca chegam ao nosso litoral para acasalar e dar à luz os seus filhotes, retornando às águas polares durante o verão.

A presença das baleias em águas brasileiras atrai turistas, ajuda a fomentar a economia local e também aumenta a conscientização pela importância da preservação da biodiversidade marinha.

Foto de uma baleia-jubarte no mar


10 curiosidades sobre as baleias: um olhar profundo no mundo subaquático

Antes de mergulharmos nas curiosidades surpreendentes sobre as baleias brasileiras, é importante compreender a magnitude desse espetáculo natural. Cada ano, milhares de baleias-jubarte e baleias-franca escolhem as águas brasileiras para acasalar, dar à luz e criar seus filhotes. Agora, vamos nos aprofundar nas fascinantes curiosidades que tornam essas criaturas tão extraordinárias.

Meio Ambiente: saiba como contribuímos para conservar a natureza.

1. Serenatas subaquáticas: as canções das baleias-jubarte

Durante a temporada reprodutiva, os machos de baleias-jubarte cantam provavelmente para chamar a atenção das fêmeas ou, até mesmo, afastar outros machos. Essas canções, que se diferem entre as populações de baleias, são frases cantadas em longas sequências de repetição e variam a cada temporada, até se tornarem completamente distintas em cinco anos.

2. Danças no céu e no mar: os saltos espetaculares das baleias

Além das canções, os machos de jubarte exibem seu charme com saltos incríveis, projetando mais de 2/3 de seus corpos para fora d'água, o que desempenha papel crucial na atração das fêmeas. As fêmeas também têm a habilidade do salto, que pode acontecer por diversas razões, como comunicação.

Já entre as baleias-franca, os saltos são observados com mais frequência nos filhotes, possivelmente para se exercitarem.

3. Nascimento poderoso: os bebês gigantes do oceano

A gestação das baleias-jubarte dura cerca de um ano, resultando no nascimento de filhotes surpreendentemente grandes. Enquanto os bebês-jubarte pesam 1.000 kg, os bebês-franca podem atingir 4.000 kg! Um verdadeiro espetáculo da natureza!

A nadadeira dorsal da jubarte é mole e dobrada para facilitar o nascimento, enquanto as baleias-franca não a possuem. Geralmente, o intervalo entre cada gestação das jubartes é de dois a três anos, e das baleias-franca é 3 anos.

4.Colo de mãe: comportamentos cuidadosos após o parto

Após o nascimento, as mamães baleias-jubarte dedicam-se a proteger seus filhotes, proporcionando colo a eles. Para isso, as mãe posicionam a cabeça abaixo dos filhotes e ajudam nas primeiras respirações, mantendo distância de embarcações ou outros animais marinhos.

As baleias-franca têm seu jeito único de “dar colo”, virando-se de barriga para cima para oferecer suporte aos recém-nascidos entre suas nadadeiras peitorais.

5. Amamentação subaquática: uma experiência vertical e horizontal

A amamentação das baleias-jubarte é frequentemente feita na vertical, com a cabeça voltada para o fundo do mar e a cauda fora da superfície. Nesta posição, a pequena baleia pode mamar e logo depois subir para respirar mais facilmente.

Já as baleias-franca dão de mamar na posição horizontal, próximas à superfície.

6. Troff e JDot: longevidade notável

O trabalho de fotoidentificação das baleias-franca no sul do Brasil permitiu o registro de baleias como Troff e JDot, conhecidas desde 1970, quando foram avistadas na Argentina. Com quase 60 anos de idade, elas são verdadeiras matriarcas que deram vida a várias gerações. O último registro de Troff no Brasil foi em 2011 e o de JDot, em 2017, quando teve seu sexto filhote no Brasil.

7. Navegando oceanos: estratégias de natação das baleias-franca

As baleias-franca percorrem 2.100 km de litoral entre Brasil, Uruguai e Argentina para reprodução. Já as jubartes escolhem o litoral da Bahia como berço reprodutivo principal no Atlântico Sul Ocidental. É preciso uma estratégia integrada para a conservação das baleias que a cada ano se escolhem um trecho para se reproduzirem.

8. Poliamor marinho: o surpreendente comportamento reprodutivo

Baleias-jubarte e baleias-franca são poliândricas. Ou seja: as fêmeas podem acasalar com vários machos, sem agressividades ou ciúmes, e irão engravidar provavelmente do último parceiro.

Foto de uma baleia-franca no mar

9. Orquestra submarina: as conversas secretas das baleias-franca

As baleias-franca têm uma linguagem única, com sons de baixíssima frequência, inferiores a 000 Hz — para se ter ideia, a audição humana vai de 20 a 20.000 Hz.

São sete tipos de sons emitidos para a comunicação entre as baleias-franca que nadam no litoral sul do Brasil. O principal é o “up call”, um tipo de chamado ascendente que ajuda as mães e os filhotes a não se perderem de vista, especialmente nos primeiros meses do bebê.

10. Impressões únicas: identificação por calosidades

Enquanto as jubartes são reconhecidas pela cauda, as baleias-franca são identificadas por calosidades únicas na cabeça, colonizadas por piolhos-de-baleia. Elas possuem corpo de cor preta e podem apresentar manchas brancas ou cinzas no dorso e no ventre.

Como a Petrobras ajuda na conservação das baleias no Brasil?

Temos orgulho de apoiar iniciativas que contribuem para o bem-estar social e ambiental. Com muitas pesquisas e iniciativas socioambientais, atuamos em diferentes áreas pelo Brasil para identificar e conservar diferentes espécies de animais marinhos.

E nosso Plano Estratégico 2024-2028+ fortalece esse compromisso: até 2030, queremos alcançar ganhos de biodiversidade, com foco em florestas e oceanos, e prevemos o aumento em 30% dos esforços de conservação.

Quer saber mais sobre nossos projetos de conservação? Veja nossos projetos socioambientais!

Notas
;

Leia também

Link da Notícia 34411 Foto subaquática de duas baleias.
Sustentabilidade
Desvendando os mistérios da temporada de baleias: 10 curiosidades fascinantes
Artigo
7 min
Link da Notícia 34418 Foto aérea de um manguezal durante o dia.
Sustentabilidade
O que são manguezais? Saiba mais sobre o “Berçário da Vida”
Artigo
2 min
Link da Notícia 34420 Foto diurna de um menino negro e de cabelos curtos cheirando uma muda de planta de olhos fechados.
Sustentabilidade
O que são os ODS da ONU e o que temos a ver com isso
Artigo
3 min
Link da Notícia 34421 Fotografia subaquática de um recife de coral.
Sustentabilidade
Recifes de corais e zooxantelas: um amor aquático que precisa ser protegido
Artigo
4 min
Link da Notícia 34424 Pessoa trabalhando no reflorestamento. Ela está plantando uma nova semente.
Sustentabilidade
Conheça Fred, Jorge e a ciência na recuperação das florestas
Artigo
5 min
Link da Notícia 34425 Golfinho
Sustentabilidade
O (en)canto que vem do oceano
Artigo
5 min
Link da Notícia 34427 Floresta
Sustentabilidade
Como cuidamos das florestas que nos abrigam
Artigo
6 min




Canais

Acessibilidade

Faça uma busca:

Buscar

Sugestões de busca

Link de exemplo
Ícone do botão /documents/d/nossa-energia/chevronright-svg?download=true Exibir mais resultados
Ícone de carregamento

Mais pesquisados

Preço dos combustíveis

Pré-Sal

Time Petrobras

Escolha um Canal:

Acessibilidade

Alto-Contraste

Desligado

Ligado

Texto Grande

Desligado

Ligado

Idioma:

Selecione um idioma: