Título

Link do botão
Ícone do botão Button Label
Ícone de carregamento

Conheça nosso robô para inspeções em dutos submarinos

Nossos cientistas desenvolveram, em parceria com a PUC-Rio, robô inédito especializado na inspeção e limpeza de dutos flexíveis offshore, equipado com câmeras de alta resolução e operado remotamente.

Atualizado em 28/03/2024

Postado em 16/02/2024

Texto copiado!

Nossos cientistas desenvolveram, em parceria com a PUC-Rio, robô inédito especializado na inspeção e limpeza de dutos flexíveis offshore, equipado com câmeras de alta resolução e operado remotamente. Batizado de AURI ((Autonomous Underwater Riser Inspection) Diverless, o equipamento é capaz de identificar, com alta precisão, danos em dutos como bolhas, rasgos e deformação da capa externa que indiquem colapso ou vazamento. Com isso, amplia a segurança e eficiência das operações, além de reduzir custos operacionais.

Vencedor do Prêmio ANP de Inovação Tecnológica, concedido pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustiveis (ANP), o robô é instalado no duto flexível com apoio de um ROV (sigla em inglês de Remote Operated Vehicle) e, a partir daí, executa as tarefas, sendo operado a distância por um profissional especializado. Outro diferencial é a capacidade de o robô portar ferramentas para fazer inspeção no duto em 360 graus, mesmo se esse duto estiver bem próximo ao costado, região impossível de ser avaliada por ferramentas acopladas em ROVs.

A tecnologia é patente da Petrobras em conjunto com a PUC-Rio. Conforme destacou um dos responsáveis pelo projeto, o técnico Marcos Reis de Morais, mais de 10 empresas se mostraram interessadas na tecnologia para futura incorporação nos contratos de serviços de inspeção submarina. O robô é fruto do Programa Sinergia Diverless da Petrobras, que busca reduzir a exposição dos profissionais ao risco e aumentar a segurança das operações offshore.

Redução de exposição ao risco

As ferramentas atuais utilizadas para efetuar a limpeza ficam acopladas aos ROVs durante toda a operação e depois disso o ROV ainda precisa ser usado para fazer a inspeção visual. O Auri Diverless dispensa o ROV para realizar a limpeza e inspeção. O ROV é usado apenas para a instalação e desinstalação, depois disso é liberado para outras atividades. O Auri ainda grava vídeos da região inspecionada para análise e arquivamento das imagens, o que permite a avaliação do duto pelas equipes que estão em terra”, explica Morais .

De acordo com os responsáveis pelo projeto, a ferramenta tem o potencial de evitar mais de 1.300 horas de mergulho, reduzindo a exposição ao risco e contribuindo para a segurança dos profissionais offshore. “Recebemos o desafio de automatizar uma etapa crítica da inspeção de dutos flexíveis que é a limpeza e inspeção visual em lâminas rasas (até 50 metros), área tradicionalmente ocupada por mergulhadores. Enxergamos algumas possibilidades e, então, desenvolvemos uma família de plataformas, da qual faz parte o AURI Diverless”, relata Jorge Luiz Brito, da Reduc, que integra o time de responsáveis pelo projeto .


Robô inédito para inspeções em dutos submarinos

Em profundidades abaixo de 30 metros, o tempo do mergulhador é muito reduzido, já o AURI chega a até 50 metros sem limitação de horas e, comparativamente, apresenta um rendimento (redução do tempo de limpeza) mais alto que os das outras ferramentas transportadas por ROV.

O AURI pode ser manipulado e instalado nos rises flexíveis para realizar a limpeza em velocidade até 10 vezes maior que a realizada por mergulhadores, o que implica em significativa redução de custos e impacta positivamente no operacional das plataformas de produção, em função do menor tempo para realizar o serviço. Este resultado foi confirmado em testes reais realizados nas unidades FPSO Cidade Vitória e P-57”, acrescenta Morais.

Notas
;

Leia também

Link da Notícia 46530 Três colaboradores da Petrobras movendo equipamento submarino em oficina de manutenção.
Inovação
Conheça seis equipamentos submarinos da Petrobras
Artigo
5 min
Link da Notícia 46534 Tecnologia sendo aplicada para avaliar o relevo do Campo de Búzios.
Inovação
Uma receita premiada: o que as tecnologias pioneiras do campo de Búzios têm em comum com a gastronomia?
Artigo
7 min
Link da Notícia 46537
Inovação
Tipos de navio: conheça os principais modelos da Transpetro
Artigo
4 min
Link da Notícia 46542 Imagem de perfil de rosto de pessoa com linhas em 3D.
Inovação
As mil e uma utilidades do scanner 3D – e como essa tecnologia está cada vez mais acessível
Artigo
6 min
Link da Notícia 46547 Foto de colaborador da Petrobras utilizando tecnologia Sísmica 4D.
Inovação
Sísmica 4D: tecnologia para enxergar abaixo do fundo do mar
Artigo
5 min
Link da Notícia 46552 Fotografia de carro andando em asfalto. A imagem representa uma estrada.
Inovação
Asfalto sustentável: estamos pavimentando caminhos para a transição energética
Artigo
2 min
Link da Notícia 46556 Foto de parte elétrica de supercomputador.
Inovação
O que são os supercomputadores e quais são os impactos tecnológicos?
Artigo
4 min
Link da Notícia 46558 Robô de inspeção submarino
Inovação
Conheça nosso robô para inspeções em dutos submarinos
Artigo
5 min




Canais

Acessibilidade

Faça uma busca:

Buscar

Sugestões de busca

Link de exemplo
Ícone do botão /documents/d/nossa-energia/chevronright-svg?download=true Exibir mais resultados
Ícone de carregamento

Mais pesquisados

Preço dos combustíveis

Pré-Sal

Time Petrobras

Escolha um Canal:

Acessibilidade

Alto-Contraste

Desligado

Ligado

Texto Grande

Desligado

Ligado

Idioma:

Selecione um idioma: